quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Muçulmanos acusam Katy Perry de blasfêmia e pedem que clipe saia do ar
quinta-feira, fevereiro 27, 2014


A cantora Katy Perry está fazendo enorme sucesso com seu novo single, "Dark Horse", em parceria com o rapper Juicy J. No entanto, além de críticas da imprensa e de parte do público, integrantes da comunidade muçulmana não compartilham de tal apreço pela nova canção de trabalho de Perry. 

Uma petição online, feita por membros da comunidade muçulmana, pede para que o videoclipe de "Dark Horse" seja retirado do ar. A cantora é acusada de blasfêmia, por tirar sarro da religião islã. O momento de maior discordância no vídeo é quando Katy Perry, que faz o papel de uma rainha egípcia, desintegra um homem que utilizava um pingente escrito "Allah", nome pelo qual eles se referem a Deus. 

Nem a cantora, nem porta-vozes se pronunciaram sobre o caso e é bem provável que o vídeo não seja retirado do ar, apesar da petição estar rolando.

(Publiquei no Revista Cifras)
Categoria:
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.