terça-feira, 11 de março de 2014

Um ano sem Chorão: músicos do Charlie Brown Jr relatam "pesadelo" vivido sem cantor
terça-feira, março 11, 2014



Desde o dia 6 de março, o ano de 2013 não foi nada feliz para as pessoas próximas de Chorão. O vocalista do Charlie Brown Jr foi encontrado morto na data em questão, em seu apartamento, vítima de uma overdose de cocaína.

Para os demais integrantes do Charlie Brown Jr, os meses seguintes foram recheados de tristeza. Os guitarristas do grupo, Marcão Britto e Thiago Castanho, contaram aos jornalistas João Paulo de Castro e Rodrigo Martins, do G1, como a morte inesperada de Chorão afetou a vida deles.

"É uma sensação terrível. A gente convivia muito mais tempo juntos do que com as nossas próprias famílias. Foi uma perda muito grande, irreparável. Ele era um cara muito legal, amoroso, trabalhador e que sempre acreditou nos seus ideais", disse Marcão.

Marcão acredita na identidade de Chorão no rock brasileiro. "Ele é insubstituível. O Chorão construiu esse espaço na música e não tem como alguém preencher. Ele sempre passou essa ideia de acreditar nos seus sonhos. Além disso, muitas vezes, nas ruas, ouvíamos pessoas dizendo que uma letra dele havia mudado as suas vidas e o Charlie Brown Jr. tinha essa marca muito forte", afirmou o músico, que revelou pensar que se tratava de um "pesadelo" quando recebeu a notícia da morte do cantor.

Thiago Castanho relata que 2013 foi o ano mais difícil de sua vida. "Tudo o que eu construí em termos musicais e em termos de amizade deu uma reviravolta. Perdi o maior parceiro que eu já tive na minha vida, não só na música, mas na minha vida pessoal. Tudo que eu tive, realizei com o Chorão. Foram mais de 5 milhões de discos vendidos", afirmou o músico ao G1.

A falta de Chorão permanece diariamente na vida de Thiago Castanho, segundo o próprio. Tenho muita saudade de ligar para a casa do Chorão e trocar aquela ideia. Todos saíram da banda e eu me uni com o Chorão para que a banda continuasse e, mesmo assim, a gente conseguiu fazer diversas músicas que deram certo", disse.

Marcão Britto e Thiago Castanho são integrantes originais do Charlie Brown Jr. Marcão entrou para o grupo em 1992 e Thiago, por recomendação do colega guitarrista, em 1994. Castanho saiu do grupo em 2001 e voltou em 2005. Britto saiu em 2005 e retornou em 2011. Ambos permaneceram até a morte de Chorão, quando a banda encerrou as atividades. Depois, embarcaram no projeto A Banca, mas com o suicídio do baixista Champignon seis meses depois, a ideia também foi deixada de lado.

)
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.