sexta-feira, 16 de maio de 2014

Ouça o baixo isolado de 10 clássicos do rock
sexta-feira, maio 16, 2014


Mesmo sem ter o registro original das pistas de gravação de um disco, a tecnologia permite que um instrumento fique em maior evidência ou soe até mesmo isolado em relação aos outros, em uma canção.

Muitas pessoas utilizam de tais ferramentas para darem evidência a um instrumento específico e publicarem em players virtuais. É possível compreender perfeitamente a linha que o músico segue durante a canção ou até mesmo descobrir algumas pequenas falhas na execução.

A lista abaixo mostra linhas de baixo isoladas em alguns clássicos do rock. Instrumentistas de diversas escolas mostram que o rock não tem exatamente uma fórmula pronta: com ou sem palheta, de forma mais delicada ou rústica, é possível fazer uma boa linha de baixo para ajudar na construção de um bom som.

Guns N' Roses: "Welcome To The Jungle"
Baixista: Duff McKagan



Led Zeppelin: "Whole Lotta Love"
Baixista: John Paul Jones


Black Sabbath: "Into the Void"
Baixista: Geezer Butler


KISS: "Detroit Rock City"
Baixista: Gene Simmons



Iron Maiden: "The Number Of The Beast"
Baixista: Steve Harris


Queen & David Bowie: "Under Pressute"
Baixista: John Deacon


Queens Of The Stone Age: "No One Knows"
Baixista: Nick Olieri



Red Hot Chili Peppers: "Can't Stop"
Baixista: Flea


Rage Against The Machine: "Killing In The Name"
Baixista: Tim Commerford



Rush: "YYZ"
Baixista: Geddy Lee

Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.