quinta-feira, 3 de julho de 2014

Com classe, Rob Halford responde crítica de Bruce Dickinson sobre teleprompters
quinta-feira, julho 03, 2014


O vocalista Rob Halford, do Judas Priest, teve a oportunidade de responder publicamente ao também cantor Bruce Dickinson, do Iron Maiden, em relação às críticas sobre o uso de teleprompters (equipamento que exibe textos em uma tela).

Para Bruce Dickinson, o uso da tecnologia é um descaso com as pessoas que acompanham a sua banda. "Os fãs pagam uma boa grana para ver seu show e você sequer se lembra das letras", disse Dickinson, em recente entrevista ao jornal The Guradian.

Rob Halford ressaltou que Bruce Dickinson é amigo dele. "Amo Bruce, é um bom amigo e bem eloquente. É um ótimo vocalista de uma grande banda e entendo que ele não quis dizer isso de forma diferente do que já costuma falar. É uma tempestade em copo d'água", afirmou, cogitando a hipótese de que o sentido da fala de Dickinson teria sido distorcido pela mídia.

O vocalista do Judas Priest já havia elogiado Bruce Dickinson e falado sobre o uso do teleprompter em uma entrevista para a QMI em 2010. "Assim como Ozzy Osbourne, uso um teleprompter porque faço muitas coisas e não me lembro de tudo. Gostaria de ser como meu amigo Bruce Dickinson e fazer tudo, mas preciso de segurança", disse, na ocasião de quatro anos atrás.

Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.