quarta-feira, 23 de julho de 2014

Dead Fish bate recorde de arrecadação em financiamento colaborativo para novo disco
quarta-feira, julho 23, 2014


O Dead Fish conseguiu bater o recorde de arrecadação no Catarse, ferramenta de financiamento coletivo (crowdfunding), para as gravações de seu sétimo disco de estúdio.

A meta do grupo era conseguir R$ 60 mil para custear todo o processo. O valor de R$ 20 mil é para a gravação e produção do álbum de 14 faixas, que será lançado em CD e vinil de 12", além de músicas bônus prensadas em vinil de 7". O restante é destinado ao Catarse (R$ 8 mil de porcentagem) e envios e produção de merchandising exclusivo (R$ 32 mil).

No entanto, ainda com dois dias restantes para o final da campanha, já foram arrecadados mais de R$ 199 mil para o projeto. O valor é o maior arrecadado pela ferramenta desde a sua fundação. Clique aqui para acessar o link do crowdfunding do Dead Fish no Catarse e veja abaixo os planos oferecidos pela banda:

Pacote 01
R$ 25,00 
1 CD

Pacote 02
R$ 55,00 
1 CD + 1 Camiseta

Pacote 03
R$ 70,00 
1 CD + 1 Camiseta + 1 Caneca

Pacote 04
R$ 120,00 
1 CD + 1 Camiseta + 1 Caneca + 1 Boné

Pacote 05
R$ 130,00 
1 CD + 1 Disco de Vinil.

Pacote 06
R$ 270,00 
1 CD + 1 Disco de Vinil + 1 Vinil de 7 Polegadas + 1 Moletom

Pacote 07
R$ 300,00 
1 CD + 1 Disco de Vinil + 1 Vinil de 7 Polegadas + 1 Shape

Pacote 08
R$ 300,00 
1 CD + 1 Moletom + 1 Shape

Pacote 09
R$ 1.000,00 ou mais.
1 CD + 1 Camiseta + 1 Caneca + 1 Boné + 1 Vinil 7 Polegadas + 1 Shape + 1 Moletom + 1 Passaporte com entrada free + acompanhante em todos shows do Dead Fish durante 1 ano.

Kit Péla 1
R$ 85,00
1 CD novo + 2 Camisetas

Kit Péla 2:
R$ 160,00
1 CD novo + 1 Camiseta + 1 Moletom

Kit Péla 3:
R$ 130,00
1 CD novo + 1 Moletom
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.