quarta-feira, 30 de julho de 2014

Para polícia do Rio de Janeiro, bandana do Nirvana pode representar ligação com black blocs
quarta-feira, julho 30, 2014


Uma reportagem publicada pela Folha de S. Paulo divulgou alguns itens que podem representar ligações de pessoas com os black blocs, manifestantes de corte anarquista que se manifestam, geralmente, com máscaras. 

Além de computadores, celulares, HDs e pendrives, que podem conter informações sobre os manifestantes, alguns produtos pouco comuns foram apreendidos pela polícia. A intenção é tentar mostrar que esses itens têm ligação com os atos de violência praticados nas manifestações. 

Entre os itens incomuns apreendidos, está uma bandana do Nirvana, da ativista e advogada Eloísa Samy, de 45 anos. Dela, também foram confiscados um grampeador, uma jaqueta camuflada e uma camiseta de caveira. 

A lista, divulgada pela Folha de S. Paulo, mostra o que foi apreendido com alguns manifestantes. Itens completamente aleatórios se misturam a produtos que podem mostrar relação dessas pessoas com as manifestações e grupos de ação direta. Clique aqui para acessar a lista.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.