terça-feira, 8 de julho de 2014

Varg Vikernes é condenado a seis meses de prisão por racismo e xenofobia
terça-feira, julho 08, 2014


O músico Varg Vikernes, único integrante do Burzum, foi condenado a seis meses de prisão pelo tribunal de justiça francês.

Condenado por incitar racismo e xenofobia por meio de publicações na internet, Varg Vikernes também terá que pagar uma multa de 8 mil euros para o governo da França, pelos crimes cometidos.

Vikernes teve problemas com a justiça no ano passado, quando foi preso com sua esposa. Ambos foram acusados de planejarem ataques terroristas. Ele ficou conhecido por ter assassinato Euronymous, da banda Mayhem, em 1993. No ano seguinte, foi condenado a 21 anos de prisão, mas cumpriu apenas 16. Foi liberado em 2009, quando passou a morar na França.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.