quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Governo aprova projeto de R$ 4,1 milhões para turnê de Luan Santana
quarta-feira, agosto 13, 2014


Um projeto aprovado pelo Ministério da Cultura autoriza um orçamento de R$ 4,1 milhões para o cantor Luan Santana, por meio da Lei Rouanet. A informação foi divulgada pelo site oficial do ministério. 

Os recursos serão destinados para a turnê de divulgação do DVD do cantor, intitulado "Nosso tempo é hoje", que foi lançado no final de 2013. Dois dos objetivos do projeto, aprovado pelo Ministério da Cultura, são: "difundir as raízes sertanejas enquanto manifestação cultural e artística a partir da música romântica" e "promover acesso a entretenimento musical de qualidade". 

A proposta da equipe de Luan Santana foi de R$ 4.650.625 milhões. Deste valor, R$ 4.143.325 foram aprovados. Como exigência da Lei Rouanet, parte dos ingressos será cedida a associações assistenciais, mas outra parte também será destinada à venda. 

Os shows contemplados pelo projeto acontecem em Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Porto Alegre (RS), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Recife (PE), Rio Branco (AC), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Uberlândia (MG), Macaé (RJ), Londrina (PR) e Ribeirão Preto (SP). 

Com o objetivo de incentivar projetos culturais, a Lei Rouanet concede autorizações para que o artista busque o valor aprovado com empresas, que, em troca, podem abater o valor de imposto proporcional ao que foi investido. 

A aprovação da proposta não significa que haverá qualquer tipo de patrocínio direto do Governo Federal. Artistas como Detonautas (R$ 1 milhão), Claudia Leitte (R$ 5,8 milhões), Rita Lee (R$ 1,8 milhão) e Parangolé (R$ 300 mil) já foram beneficiados pela lei. 
Categoria:
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.