sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Gravadora suspende propaganda eleitoral de Tiririca com paródia de Roberto Carlos
sexta-feira, agosto 22, 2014


A gravadora Sony vetou a campanha eleitoral do palhaço e deputado federal Tiririca, candidato à reeleição pelo Partido da República (PR) em São Paulo.

Tiririca fez uma paródia de Roberto Carlos, com visual semelhante ao do cantor e canta uma versão de letra alterada da música "O Portão". O palhaço e deputado federal dá a entender que o Rei também votou nele e, neste momento, a canção tem início. A paródia também faz alusão a uma propaganda que Roberto fez para uma empresa do ramo alimentício.

O vídeo da campanha eleitoral de Tiririca foi vetado no YouTube pela gravadora Sony. No site, aparece uma mensagem que relata que o conteúdo foi suspenso como reivindicação dos direitos autorais da EMI Songs, pertencente à Sony ATV Music.

Em entrevista ao site da revista Exame, o advogado José Diamantino, que defende a Sony, afirma que o partido utilizou a música sem autorização. "A iniciativa partiu da editora, e não de Roberto ou Erasmo", garante Diamantino. Até o fechamento desta reportagem, a assessoria do PR não comentou o caso.

O vídeo oficial foi suspenso, mas vários usuários do YouTube repostaram a paródia eleitoral. Confira abaixo:

Categoria:
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.