quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Ozzy Osbourne admite gratidão eterna a Robin Williams por momento difícil
quarta-feira, agosto 13, 2014


Durante entrevista concedida nesta terça-feira (12) à VH1 Radio Network, o vocalista Ozzy Osbourne revelou que recebeu uma enorme ajuda do ator Robin Williams, encontrado morto nessa segunda-feira (11).

O cantor relembra que, em 2002, a sua esposa e empresária Sharon Osbourne foi diagnosticada com câncer de cólon. "Nessa época, assistimos ao filme Patch Adams (no Brasil, a obra também recebe o título O Amor é Contagioso)*, em que o papel de Robin Williams era interpretar um médico que alegrava a vida de pacientes terminais", disse.

Com o sucesso do filme, o agente de Ozzy Osbourne teve a ideia de entrar em contato com Robin Williams. "Ele nos fez uma visita e conversou com minha esposa. Foi muito gentil da parte dele", afirmou. O cantor garante que, por conta disso, ele tem uma dívida eterna com o falecido ator.

Robin Williams, de 63 anos, protagonizou diversos filmes que foram sucesso de bilheteria. Ele foi encontrado morto pela polícia de Marin County, Califórnia. As autoridades confirmaram que o ator cometeu suicídio: ele se enforcou com um cinto no pescoço e tinha pequenos cortes nas partes internas do pulso esquerdo. Robin Williams sofria de transtorno bipolar e depressão.

* A informação entre parênteses foi acrescentada como nota do redator.

Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.