quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Corey Taylor fala de demissão de Joey Jordison do Slipknot, que pode ter sido por drogas
quinta-feira, setembro 18, 2014


O mundo do metal se assustou nas últimas semanas de 2013, com o anúncio de que o baterista Joey Jordison não faria mais parte do Slipknot. O músico fez parte do grupo desde a sua primeira formação.

Uma controvérsia adicional foi gerada porque, em nota oficial, o Slipknot anunciou que Joey Jordison saiu por opção própria, mas o baterista contestou, em comunicado nas redes sociais, e afirmou que foi demitido. Durante entrevista concedida à nova edição da revista Metal Hammer, o vocalista Corey Taylor retomou o assunto.

Corey Taylor permaneceu na defensiva, porque diz que há um processo judicial em curso para resolver a situação. Mas o vocalista conversou sobre o caso. "Foi o clássico caso de um membro caminhando para um lado, enquanto os demais estavam em outro. Demití-lo foi muito difícil, uma das decisões mais complicadas de toda a minha vida", afirma.

O vocalista desviou quando perguntado se a mudança na formação tinha alguma relação com um suposto envolvimento de Joey Jordison com drogas. "Não posso dar detalhes. Não é fácil explicar isso aos fãs. Não falei mais com Joey desde então. Não por não gostar dele. Falamos dele o tempo todo. Mas temos saudade do antigo Joey, não do atual", diz. A resposta abre o precedente de que o motivo realmente tenha a ver com abusos de Jordison.

Apesar disso, o cantor espera que todo mundo esteja bem atualmente. "Nós estamos felizes no momento. Espero que ele também esteja. Conheço Joey desde 1991, antes da banda começar. Ele é muito talentoso, só está em um lugar diferente de nós agora", elogia.

Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.