segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Sebastian Bach critica Ted Nugent: "ser racista é uma fraqueza"
segunda-feira, setembro 01, 2014


Em publicação feita no Twitter, o vocalista Sebastian Bach rebateu recentes críticas feitas pelo guitarrista Ted Nugent.

O guitarrista classificou Bach como uma pessoa "fraca", por conta de seus vícios, entre outros motivos (a declaração na íntegra pode ser conferida ao final da publicação). A resposta do cantor foi objetiva: "Ser racista é uma p*rra de uma fraqueza", afirmou.

Ted Nugent e Sebastian Bach trabalharam juntos no projeto "SuperGroup", reality show da VH1, junto de Scott Ian (Anthrax), Evan Seinfeld (Biohazard) e Jason Bonham (Black Country Communion, Bonham). O cantor já havia criticado o guitarrista no passado, pelas posições políticas extremamente conservadoras.

Veja a declaração de Ted Nugent sobre Sebastian Bach na íntegra: "Eu amo Sebastian Bach, ele tem muito talento e é um gentleman, mas ele é fraco. Não entende o conceito do corpo como um templo sagrado. Não sabe de contabilidade. Não entende de forma clara como seus venenos acabaram com a vida dele. Os relacionamentos dele também. Se ele estiver ouvindo isso, saiba que te amo. Mas se é o Sebastian bêbado, não chega perto do que ele é quando sóbrio. Não é uma opinião de Ted Nugent, é um truísmo científico".

Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.