sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Campanha quer Nickelback banido de Londres; vocalista aprova
sexta-feira, outubro 10, 2014


Recentemente, o britânico Craig Mandell lançou uma campanha que arrecada fundos para, de alguma forma, banir o Nickelback de Londres.

A petição quer impedir não apenas que a banda agende nenhum show em terras londrinas: a intenção é que qualquer músico do grupo sequer pise por lá ou até mesmo ligue para alguém de Londres. Extremista, certo? A campanha pode ser acessada aqui.

Pois Chad Kroeger, vocalista e guitarrista do Nickelback, não enxergou dessa forma. Em tom de brincadeira, o músico apoiou a campanha para que o grupo seja banido de Londres. "Amei isso", diz, em entrevista concedida ao Pulse Of Radio.

Kroeger só falou sério em relação à possível renda que o "hater" arrecadaria com essa campanha - já foram US$ 272 e faltam 23 dias para o fim do crowdfunding. "Eu realmente espero que o dinheiro vá para a caridade e não para o bolso desse sujeito", afirma.

Para o cantor e músico, é legal ter o nome envolvido nesse tipo de bizarrice. "Polêmicas que abordem minha pessoa, minha vida pessoal, a banda ou o que seja... eu considero como divertidas", classifica o frontman do Nickelback, que lança no próximo dia 18 de novembro um novo disco, intitulado "No Fixed Address".

Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.