terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Vocalista do Creed queria matar Barack Obama
terça-feira, dezembro 16, 2014


O site TMZ divulgou uma denúncia inusitada feita recentemente pela esposa e pela cunhada de Scott Stapp, vocalista do Creed, para o número telefônico de emergência dos Estados Unidos, o 911.

De acordo com a denúncia, Scott Stapp andava de bicicleta sem camisa pela vizinhança após afirmar que era um agente secreto do serviço secreto dos Estados Unidos, com a missão de matar o presidente do país, Barack Obama. Ele utilizava uma mochila na qual se encontravam documentos de 400 a 600 páginas da Agência Central de Inteligência (CIA), impressos após serem localizados por Stapp na internet.

Em um depoimento virtual divulgado em sua página no Facebook, Scott Stapp revelou que foi vítima de um golpe que o deixou sem um centavo no bolso, que hoje precisa dormir em um caminhão e tem que lidar com acusações caluniosas sobre seu caráter. O cantor afirma que está sóbrio e que o governo congelou todas as suas contas bancárias.

Recentemente, a esposa de Scott, Jaclyn Stapp, entrou com uma ação cível para que Scott Stapp seja internado em uma clínica para recuperação mental por, pelo menos, dois meses. De acordo com a esposa, o vocalista teria tentado matá-la e assassinar também os filhos do casal durante um surto psicótico causado por drogas. O motivo é que Scott, supostamente, "salvaria a todos de serem possuídos por Satanás".

Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.