segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Homem se irrita e dispara tiros após cantar mal em karaokê e ser vaiado
segunda-feira, agosto 03, 2015


A maior parte dos cantores de karaokês não é, de fato, boa com a voz. Geralmente, há consciência disso e o recurso é utilizado como uma brincadeira - seja em festas públicas ou particulares.

Não foi o caso de um morador de Waldorf, Maryland, nos Estados Unidos. O homem cantava em um karaokê em um bar da cidade e foi vaiado por sua apresentação. O cidadão, então, ficou irritado com a situação, saiu do local e voltou com uma arma, que utilizou para disparar alguns tiros contra a plateia. As informações são do site DailyStar.

Testemunhas disseram que o homem realmente estava tendo um desempenho abaixo da média e parecia estar inventando trechos da música que cantava, o que estimulou a reação da plateia. Ele saiu por um tempo e voltou ao bar com a arma, mas foi barrado pelos seguranças na portaria - não pelo porte, mas porque o expediente da noite estava próximo de ser encerrado. Irritado, o "mau cantor" atirou contra o estabelecimento, mirando as pessoas que estavam dento dele.


Ninguém se feriu durante o incidente. O criminoso fugiu e a polícia local oferece US$ 1 mil (cerca de R$ 3,3 mil) para quem apresentar informações que levem as autoridades ao foragido.
Categoria:
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.