quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Yoko Ono revela que John Lennon desejava ter relações com homens
quinta-feira, outubro 15, 2015


Morto em 1980, John Lennon sempre pregou a paz e a liberdade durante sua vida - em especial na década de 1970, quando se tornou um ativista contra guerra e preconceitos. Segundo a viúva do músico, Yoko Ono, o espírito libertário também atingiu a sua opção sexual. 

Em entrevista ao Daily Mail, Yoko Ono disse que John Lennon tinha desejo de ter relações com outros homens. "John e eu falamos muito sobre isso. Dizíamos, basicamente, que todos devemos ser bissexuais. E estamos meio nessa situação de não pensar nisso pela sociedade. Então, escondemos outros lados de nós, menos aceitáveis", afirmou. 

Ainda segundo Yoko Ono, John Lennon teria dito, no início de 1980, ano de sua morte, que poderia ter ficado com outros homens. No entanto, ele teria deixado a oportunidade passar, por nunca ter encontrado alguém que fosse atraente o bastante. Yoko afirmou não acreditar que John tivesse realmente transado com rapazes. "Acho que ele tinha o desejo, mas era muito inibido", disse. 

A reportagem do Daily Mail lembrou, ainda, de boatos que começaram a circular, ainda na década de 1960, sobre John Lennon ter se envolvido com o empresário dos Beatles, Brian Epstein. Isso teria acontecido durante o primeiro casamento do músico, com Cynthia Lennon. O rumor não foi comentado por Yoko Ono. 
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.