segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Guns N' Roses, AC/DC e Black Sabbath podem vir à América do Sul neste ano
segunda-feira, janeiro 25, 2016


Especulações giram em torno de shows de grandes bandas de rock na América do Sul. Segundo alguns veículos de comunicação, há rumores de que Guns N' Roses, AC/DC e Black Sabbath farão apresentações no continente no segundo semestre deste ano.

A possibilidade do Guns N' Roses, reunido com o guitarrista Slash e o baixista Duff McKagan, tocar na América do Sul em 2016 já foi noticiada anteriormente. Um texto do site Whiplash reforça a chance a partir de uma informação de bastidores. Segundo a publicação, uma produtora de eventos do Brasil e que já trouxe a banda para o país tenta trazer o grupo para uma turnê, em outubro deste ano. O Estádio Mané Garrincha, em Brasília, seria um dos locais a receber Axl Rose, Slash, Duff McKagan e os demais músicos.

A chance do AC/DC vir ao continente foi noticiada pelo jornal La Tercera, do Chile. De acordo com o periódico, empresários chilenos tentam trazer a banda para o país, pois, na última turnê pela América do Sul, realizada em 2009, o grupo deixou de se apresentar em Santiago em função do vencimento do alvará do Estádio Nacional, único local com porte para receber uma apresentação do tipo.

Também segundo o jornal La Tercera, o Black Sabbath, que está em sua turnê de despedida, é visado por produtores da América do Sul. A banda vai excursionar somente até 2017 e o intuito era trazê-la ainda neste ano para o continente.

A questão financeira é o principal entrave de duas das três turnês. Tanto o Guns N Roses quanto o Black Sabbath têm cobrado um cachê que gira em torno de US$ 3 milhões. Em conversão para a moeda brasileira, por exemplo, o valor chega a R$ 12,2 milhões, tendo em vista a alta que o dólar vem sofrendo desde o ano passado.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.