domingo, 3 de janeiro de 2016

Mãe de Cazuza critica abordagem do HIV na novela "Malhação"
domingo, janeiro 03, 2016


O tratamento que a novela "Malhação", da TV Globo, tem dado ao vírus HIV em sua atual temporada incomodou Lucinha Araújo, mãe de Cazuza e presidente da Sociedade Viva Cazuza, que atua na assistência e na conscientização sobre a Aids. O cantor foi vítima da doença e faleceu em julho de 1990, aos 32 anos.

A atual temporada aborda o HIV por meio do personagem soropositivo Henrique, interpretado por Thales Cavalcanti. Em uma cena da novela, Luciana (interpretada por Marina Moschen) esbarra em Henrique durante uma aula de educação física e, logo depois, foi à enfermaria para a aplicação de um coquetel de remédios para prevenir a doença.

Por meio de uma publicação na mídia social Facebook, Lucinha Araújo criticou a cena. Ela afirma que a novela prestou um "desserviço à saúde pública" e diz que o programa dá "informações erradas" para o público, composto basicamente por jovens.

Até o momento, a TV Globo não se manifestou sobre o caso. Confira abaixo o texto na íntegra e a postagem, feita na página Sociedade Viva Cazuza:

"Como se não bastassem todos os problemas que nós brasileiros estamos sofrendo, ainda temos que ver em pleno ano 2015 o programa Malhação da TV Globo prestar um desserviço à saúde pública. Há 10 anos vemos os novos casos de Aids aumentando entre jovens, segundo o Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde, por transmissão sexual. 

Depois de 30 anos de trabalho para combater o preconceito e informar corretamente as formas de transmissão do HIV, vemos um programa destinado ao público jovem aconselhar soropositivos a não praticar esportes, a mostrar um médico receitar medicamento antirretroviral numa situação onde dois jovens dão uma cabeçada é no mínimo de chorar. Que se queira ganhar dinheiro com sensacionalismo já é duro, mas dar informações erradas é um pouco demais. 

Deixo aqui minha indignação, meu repúdio e a vergonha que senti ao saber que o trabalho que a Viva Cazuza, as ONGs/Aids e todas as campanhas governamentais de prevenção ao longo de 30 anos vão por terra de uma maneira tão irresponsável. 

O mínimo que espero seria um novo episódio com a devida correção."



MALHAÇÃO e o retorno do obscurantismo em relação ao HIV Como se não bastassem todos os problemas que nós brasileiros...
Posted by Sociedade Viva Cazuza on Terça, 29 de dezembro de 2015
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.