quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Paul McCartney é barrado na entrada de festa pós-Grammy do rapper Tyga; assista
quarta-feira, fevereiro 17, 2016


Não está fácil para ninguém. Nem mesmo para Paul McCartney, um dos músicos mais influentes do mundo e dono de duas honrarias do Império Britânico.

O ex-Beatle foi proibido, em duas situações, de entrar em uma festa supostamente promovida pelo rapper Tyga, no clube Argyle, em Hollywood, Los Angeles, após a 58ª edição do Grammy Awards, na última segunda-feira (15). A confraternização não tinha ligação com a National Academy of Recording Arts and Sciences, responsável pelo Grammy. McCartney estava acompanhado da esposa, Nancy Shevell, do cantor Beck, do baterista Taylor Hawkins (Foo Fighters) e do ator Woody Harrelson, mas ninguém conseguiu entrar no evento.

Um vídeo feito por um repórter do site TMZ registrou os momentos em que Paul McCartney e os demais artistas foram barrados. O músico de 73 anos lidou com a situação com bom humor e ainda brincou com Beck. "Quão famosos temos que ser? Precisamos de outro sucesso. Beck, trabalhe nisso", disse, ao músico americano, que respondeu: "no ano que vem".

Tyga se explicou - e se absteve - pelas redes sociais. "Por que eu negaria Paul McCartney? Parem com isso. Ele é uma lenda. Eu não controlo a porta. Não tive conhecimento de que sir Paul estava lá. Apenas fiz a minha performance e fui embora", contou o rapper. Após serem barrados, Paul McCartney, sua esposa e os demais artistas foram para outra festa, organizada pela Republic Records, na Sunset Boulevard, também em Los Angeles.

Assista o vídeo que mostra Paul McCartney e os demais sendo barrados:

Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.