quarta-feira, 22 de junho de 2016

Música de Tom Jobim é citada para defender Led Zeppelin em caso de plágio
quarta-feira, junho 22, 2016


Na tentativa de provar que "Stairway To Heaven", do Led Zeppelin, não foi um plágio da música "Taurus", da banda Spirit, um especialista convidado pelo juiz que cuida do caso aponta que há outras canções notáveis com a mesma progressão melódica de ambas as envolvidas na ação judicial. Entre elas, o clássico "Insensatez", de Tom Jobim, foi citado.

O especialista convidado pelo tribunal foi Lawrence Ferrara, professor de música da Universidade de Nova Iorque. O acadêmico defendeu o Led Zeppelin ao afirmar que a construção musical que fundamenta "Stairway To Heaven" é bastante convencional dentro da música e, portanto, não se trata de uma propriedade intelectual particular.

Para fundamentar sua argumentação, Ferrara citou a já mencionada "Insensatez", de Tom Jobim; "My Michelle", dos Beatles; e "My Funny Valentine", de Ella Fitzgerald, além de outras músicas anteriores a "Taurus", do Spirit. De acordo com o especialista, todas as canções em questão têm a progressão melódica semelhante.

Ouça as músicas envolvidas e compare:





Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.