quarta-feira, 20 de julho de 2016

Gravadora queria tirar Mike Shinoda do Linkin Park
quarta-feira, julho 20, 2016


Uma declaração de Chester Bennington, em entrevista à Metal Hammer, chamou a atenção dos fãs do Linkin Park. O cantor disse que executivos da Warner, gravadora da banda, queriam que Mike Shinoda fosse tirado da formação.

O fato ocorreu entre 1999 e 2000, antes do lançamento de "Hybrid Theory", álbum de estreia do Linkin Park. "Não fazíamos ideia do que estava rolando. A gravadora queria expulsar Mike da banda de qualquer jeito, o que é a coisa mais engraçada do mundo. Olhando para trás, penso ‘que viagem mais insana’", afirma Chester Bennington.

No entanto, Mike Shinoda é um dos membros fundadores da banda, ao lado do guitarrista Brad Delson e do baterista Rob Bourdon. Além disso, os demais músicos estavam confiantes no trabalho do Linkin Park até então. "Acreditávamos tanto no que fazíamos e pensávamos ‘por que ninguém mais vê isso?’. Mas quando o disco saiu, acho que todos viram", disse.

Os integrantes do Linkin Park não estavam errados. "Hybrid Theory" vendeu milhões de cópias e fez a banda estourar por todo o mundo.

Veja também:

- 10 curiosidades que você talvez não saiba sobre o Linkin Park
- Ouça os vocais isolados de Chester Bennington no Linkin Park
- Conheça os 20 discos de rock mais vendidos no mundo
- Mike Shinoda critica rock atual e culpa Linkin Park por situação
- Confira um panorama atual das bandas de nu metal
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.