terça-feira, 18 de outubro de 2016

Lemmy ainda está vivo e fez pacto com Illuminati, diz conspiracionista
terça-feira, outubro 18, 2016


Um teórico da conspiração garante que Lemmy Kilmister ainda está vivo. De acordo com o conspiracionista, o lendário músico do Motörhead fez um "pacto de sangue" com a seita Illuminati.

O rapaz, cuja identidade não foi revelada, disse, em entrevista ao Daily Star, que Lemmy fez um pacto de alma com Satanás para obter fama e dinheiro. "Não estou tentando desmerecer seu talento. Apenas digo que este jogo está marcado. É necessário fazer isso para se consagrar", afirmou.

O conspiracionista acredita que há algumas evidências relacionadas a isso. Para ele, por exemplo, o fato de ter acontecido um show-tributo a Lemmy no último Grammy, feito pelo Hollywood Vampires, é uma prova do pacto, porque "caso contrário, o mainstream teria ignorado".

Veja também:
Descanse em paz, Lemmy Kilmister
Phil Campbell revela ficar emotivo ao ver fotos de Lemmy
Em uma de suas últimas entrevistas, Lemmy fala sobre saúde, baixo e mulheres

Ainda segundo o teórico da conspiração, os quatro "X" na capa do álbum "Bad Magic", do Motörhead - o último da carreira da banda -, faz menção ao "poder secreto do número quatro" e não ao 40° aniversário do grupo.

Ele reforça que há outras relações entre o líder do Motörhead e o número quatro. O fato de Lemmy ter morrido em 28 de dezembro, quatro dias após seu aniversário, no dia 24, é um deles. Outra menção é feita ao lançamento de "Bad Magic", quatro meses antes da morte do músico. Por fim, segundo o teórico da conspiração, Lemmy deu seu último suspiro às quatro da tarde (ou 16h).

Há, por fim, uma última conexão entre Lemmy e os Illuminati, segundo o teórico da conspiração. E ela está no maior sucesso do Motörhead, "Ace Of Spades". "As letras sugerem a seguinte mensagem de Lemmy: 'olhe, assinei um pacto com o diabo, estou apenas indo conforme a maré, tentando entrar neste negócio", afirmou.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.