segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

15 grandes registros de Slash em músicas de outros artistas
segunda-feira, dezembro 12, 2016


Slash é o tipo de músico que gosta de fazer participações especiais em registros de outros artistas. Como convidado, ele tem mais de 90 aparições entre álbuns autorais, covers, discos ao vivo e trilhas sonoras que não estão vinculadas à sua carreira solo ou às bandas que integrou com o tempo.

Para efeito de comparação, Slash registrou 87 músicas com o Guns N' Roses, contando a discografia de estúdio e o duplo "Live Era '87-'93", lançado em 1999. Sem o registro ao vivo, são 64 gravações em estúdio.

Confira também: Veja o que acontece quando Slash toca "Sweet Child O'Mine" para milhares de pessoas

A lista a seguir apresenta 15 boas colaborações que Slash fez ao longo dos anos. Tem hard rock, pop, metal, classic rock, blues e até música latina.

"Always On The Run" (Lenny Kravitz - "Mama Said", 1991)

A primeira música com participação de Slash a ser lançada como single. Ele já havia gravado com Alice Cooper, Iggy Pop e Bob Dylan anteriormente, mas Kravitz foi o primeiro a usufruir do real impacto do guitarrista da cartola em uma gravação.



"Hey Stoopid" (Alice Cooper - "Hey Stoopid", 1991)

Apenas nessa música, Alice Cooper reuniu Slash, Joe Satriani e Ozzy Osbourne, além dos músicos de estúdio Hugh McDonald, Mickey Curry, John Webster, Stef Burns e Steve Croes. É pouco?



"Give In To Me" (Michael Jackson - "Dangerous", 1991)

A primeira participação de Slash em uma música fora do rock. Ainda assim, há uma pegada pop rock nessa boa faixa de Michael Jackson.

Curiosamente, o guitarrista Gilby Clarke e o tecladista Teddy Andreadis, ambos integrantes do Guns N' Roses na época, além do baixista Muzz Skillings (Living Colour), aparecem no clipe. Entretanto, nenhum deles gravaram a canção.



"I Ain't No Nice Guy" (Motörhead - "March Ör Die", 1992)

Uma das colaborações entre Lemmy Kilmister e Ozzy Osbourne acontece nessa faixa, cujo solo de guitarra é tocado por Slash. A pegada inconfundível.



"Believe In Me" (Duff McKagan - "Believe In Me", 1993)

Duff McKagan contou com Slash em duas faixas de seu primeiro disco solo. Uma delas é a canção que dá nome ao álbum. A outra é "Just Not There".



"Little White Lie" (Sammy Hagar - "Marching to Mars", 1997)

O primeiro disco solo de Sammy Hagar após sair do Van Halen teve, logo em seu single principal, a participação de Slash. A canção sai um pouco do estilo dos envolvidos e aposta em um blues cheio de groove. Outras faixas contam com as participações de Matt Sorum ("Kama") e da formação original do Montrose ("Leaving the Warmth of the Womb").



"Moja Mi Corazón" (Marta Sánchez - "Azabache", 1997)

Slash gravou duas músicas com a cantora espanhola Marta Sánchez: "Moja Mi Corazón" e "Obsession" - esta, presente na trilha sonora do filme "Eles Matam e Nós Limpamos".



"No More Mr. Nice Guy" (com Roger Daltrey - "Humanary Stew: A Tribute to Alice Cooper", 1999)

Slash deu a sua pegada neste clássico de Alice Cooper, registrado por Daltrey, Bob Kulick, Mike Inez, Carmine Appice e David Glen Eisley.



"Now or Never" (Doro - "Calling the Wild", 2000)

Com um pouco mais de distorção e peso que o habitual, Slash fez uma boa participação nesta faixa de Doro.



"Human" (Rod Stewart - "Human", 2001)

Uma participação peculiar na discografia de Slash. "Human", de Rod Stewart, conta com batida eletrônica e um dedilhado semelhante ao inicial de "Anastasia", canção solo lançada pelo guitarrista em 2012. E há quem diga que Justin Timberlake tenha copiado a música de Stewart ao lançar "Cry Me A River".



"Why You Wanna Go And Do A Thing Like That For" (Ronnie Wood - "I Feel Like Playing", 2010)

Nessa faixa, além de contar com Slash, o guitarrista dos Rolling Stones convocou o baixista Flea, o multi-instrumentista Ivan Neville e o lendário baterista de estúdio Jim Keltner.



"Rockin' My Life Away" (Jerry Lee Lewis - "Mean Old Man", 2010)

O lendário The Killer apostou em Slash e Kid Rock para essa regravação.



"Rebel Road" (Edgar Winter - "Rebel Road", 2010)

Um dos momentos mais hard rock da carreira de Edgar Winter é este registro ao lado de Slash. Winter descreve o guitarrista da cartola como um de seus "maiores guitar heroes de todos os tempos" e "um rebelde natural".



"Lock 'n' Load" (The Dead Daisies, "The Dead Daisies", 2013)

Uma das minhas favoritas dessa lista. Slash gravou essa faixa com o Dead Daisies, ainda em sua primeira encarnação, que contava com o ótimo vocalista Jon Stevens e três colegas de Guns N' Roses: Richard Fortus, Dizzy Reed e Frank Ferrer.



"Emerald" (Ace Frehley - "Origins Vol. 1", 2016)

Esse grosseiro cover para o clássico do Thin Lizzy foi a última participação, até o momento, de Slash em um registro alheio. O duelo de solos ao fim é algo lindo de se ouvir.

Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.