segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Sebastian Bach questiona diário de Nikki Sixx durante vício
segunda-feira, dezembro 12, 2016


Durante um evento de perguntas e respostas em Saint Vitus, Nova York, o vocalista Sebastian Bach falou sobre a sua biografia "18 And Life On Skid Row", lançada no último dia 6 de dezembro. E questionou o diário publicado do baixista Nikki Sixx (Sixx:A.M. e ex-Mötley Crüe), "The Heroin Diaries" (traduzido para "Heroína e Rock n' Roll" no Brasil) ao promover o próprio livro.

Bach comentou que não enxerga como alguém poderia se irritar com alguma história antiga de sua biografia - de "30 anos atrás", segundo ele. "Quem liga? Há vários livros com citações sobre mim que ninguém me ligou para comentar sobre. Não pedi autorização para citar ninguém em meu livro", afirmou.

O vocalista disse, ainda, que sequer se lembra perfeitamente do que é descrito na obra. "É como Nikki Sixx e 'The Heroin Diaries'. Ele estava mesmo mantendo um diário enquanto estava no auge do vício em heroína?", questionou.

Sebastian, então, simulou a injeção de heroína em seu braço, enquanto dizia "oh, me sinto incrível". E explicou: "todos sabemos que é uma metáfora, uma licença artística que se utiliza".
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.