segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Glenn Hughes precisou reaprender a andar em 2016
segunda-feira, janeiro 09, 2017


O vocalista e baixista Glenn Hughes conversou, em entrevista à Hawaii Public Radio, sobre o seu novo disco, "Resonate". Enquanto falava do álbum, o músico falou sobre o seu complicado ano de 2016, durante o qual, segundo ele, foi necessário aprender a andar de novo, devido a uma cirurgia nos joelhos.

"O disco ('Resonate') foi muito autobiográfico, mas não escrevo sobre coisas ficcionais, somente sobre a condição humana, o processo de cura. O autor do disco, eu, teve que aprender a andar de novo ao passar por uma cirurgia. Fiquei como um bebê de 14 meses tentando aprender. Tive que fazer terapia e aprender, também, a me sentar sem empurrar nada ou sair de uma cadeira. Foi difícil, mas estive disposto a compor este disco neste estado mental", afirmou.

Veja também: Os 10 melhores discos de rock/metal de 2016

O músico detalhou a cirurgia que fez. "Tive que substituir os dois joelhos no Natal (de 2015) e em janeiro. Enquanto me recuperava, de fevereiro a abril (de 2016), fui ao Hall Of Fame (com o Deep Purple). Ainda estava sofrendo. Fiquei de molho em casa e sabia que iria compor, mas não sabia que se tornaria um disco solo. Não lançava um álbum solo há oito anos porque estava ocupado com outros projetos", disse.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.