quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Josh Klinghoffer comenta "fim de amizade" com John Frusciante
quarta-feira, janeiro 18, 2017


O guitarrista Josh Klinghoffer conversou, recentemente, com a revista Gitarre & Bass. Durante o bate-papo, o integrante do Red Hot Chili Peppers foi questionado sobre a sua atual relação com John Frusciante, de quem era amigo e a quem ele substitui na banda.

Ao ser questionado sobre ter sonhado, em algum dia, ser integrante do Red Hot Chili Peppers, Josh Klinghoffer respondeu: "Nunca. Lembre-se de como aconteceu: eu era amigo de John Frusciante e toquei em seus discos solo. Depois, era guitarrista de apoio para os Chili Peppers e excursionei com eles. Foi uma junção de coincidências das quais você nem sonha", disse.

Veja também: Trabalhar com John Frusciante era "difícil", diz técnico

Perguntado se mantém contato com John Frusciante, Josh Klinghoffer foi categórico na resposta. "Não. Estamos muito ocupados. Seria estranho tocar com os Peppers e ficar batendo papo com John. Não seria natural para ele também. É melhor manter distância na minha opinião", afirmou.

Apesar disso, não aconteceu nada entre os dois para, de fato, encerrar a amizade. "Não estou planejando não conversar com ele até o dia em que eu morrer. Decidimos tomar caminhos diferentes. Seria estranho conversar de forma privada. Especialmente eu, que tive problemas com esse novo disco. Não posso ligar para ele e reclamar de algo e deixá-lo sabendo sobre o quão triste me sinto com relação a algumas coisas. Para que mostrar minha fraqueza? Por que ele deve escutar isso? E o quanto isso pode machucá-lo?", disse.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.