segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Michael Schenker diz que Rudolf "rouba" e "copia" tendências
segunda-feira, fevereiro 20, 2017


O guitarrista Michael Schenker voltou a criticar o irmão, Rudolf. Ele disse, em entrevista ao podcast "Music Mania", que o membro do Scorpions "rouba coisas" e "copia tudo o que faz sucesso".

"Eu tinha 23 anos quando o UFO chegou ao fim e abri as portas ao Scorpions, que tinham 30 anos de idade quando eu tinha 23. Então, Rudolf não consegue enganar a ninguém. Por que o irmão mais novo fez sucesso antes do mais velho?", disse.

Michael explicou que ensinou Rudolf a tocar guitarra e a compor. "Tudo o que fiz com Klaus (Meine, vocalista), ele copiou, fez por cima das minhas melodias. Ele queria ser um Michael Schenker, confundir as pessoas. E Michael Schenker estava fora de cena, curtindo, experimentando com a música", afirmou.

Veja também:
- 10 bandas que fizeram turnê de despedida, mas voltaram
- KISS e Scorpions foram injustos com fãs, diz James Hetfield

O músico contou quando deixou de elogiar o irmão em entrevistas. "Nos últimos 30 anos, quando me perguntavam o que achava do sucesso do meu irmão, eu dizia, 'É, mais poder a ele. Se ele está feliz, estou feliz'. Então, um dia o escutei, na casa da minha mãe, dizendo, 'esta p*rra de corrida dos ratos' sobre esta situação. Então, sabia que ele não estava feliz, apesar do sucesso", disse.

Ele continua: "Ele faz o oposto do que eu: ele copia coisas e eu foco na arte da guitarra solo enquanto pura expressão própria. É o exato oposto. Rudolf olha o que é tendência e copia o que está fazendo sucesso. É isto. Deve ser uma vida entediante, mas acho que ele gosta disso. Mas, se ele vem ao meu quarto dizendo, 'p*rra de corrida dos ratos', talvez ele não esteja tão feliz".

Apesar de tudo o que disse, Michael se declarou "otimista" com relação às últimas décadas de vida de Rudolf. Ele afirmou que o irmão aprenderá que a "verdadeira felicidade" não vem do sucesso comercial e do ganho material.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.