segunda-feira, 20 de março de 2017

Baterista do Pretenders quase substituiu Steven Adler no Guns N' Roses
segunda-feira, março 20, 2017


Em entrevista a Jay Mohr, o baterista Steven Adler revelou que o baterista Martin Chambers, do Pretenders, o substituiria no Guns N' Roses. Adler foi dispensado da banda em 1990 e, ao invés de Chambers, a vaga acabou por ficar com Matt Sorum, que, na época, tocava com o The Cult.

A recordação de Steven Adler apareceu no meio da entrevista, quando Jay Mohr o questionou sobre quem o Guns N' Roses quis para a sua vaga antes de Matt Sorum. "Era o cara do Pretenders, Martin Chambers. Ele se encaixaria, seria perfeito para eles", afirmou.

Jay, então, revelou que conhecia a história com detalhes - e disse que Chambers não ocupou a vaga por um motivo inusitado.

"Eles o adoraram, mas ele tinha uma bateria gigante, ao estilo 'octopus spider'. Eles pensavam: 'você está no Guns N' Roses, aqui está seu salário, você será assalariado, ao estilo Ron Wood, mas você precisa se livrar deste kit'. E Chambers estava tipo, 'f*da-se, vou levá-lo'. Então, vieram com Sorum", disse.

Adler complementou com elogios a Matt Sorum. "Sorum era ótimo, ele se encaixou muito bem. A banda obviamente mudou quando saí e quando Izzy (Stradlin, guitarrista) saiu. Mas Sorum é um grande baterista e fez um bom trabalho. Fiz todas as demos de pelo menos 80% das músicas dos 'Illusions' e, pelo estilo que ele toca, ele veio com ótimas ideais, por ser um ótimo músico, muito sólido. Se você quer um cara para gravar no estúdio e quer um ou dois takes, Sorum é o cara", afirmou.

Veja também:
Matt Sorum fala sobre zona de conforto após 25 anos com Duff
Adler teria exagerado sobre presença na reunião
Adler propôs turnê de 30 anos de "Appetite For Destruction"
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.