sexta-feira, 31 de março de 2017

Para Elton John, Axl Rose não é homofóbico
sexta-feira, março 31, 2017


Desde o lançamento da música "One In A Million", do Guns N' Roses, no ano de 1988, Axl Rose tem a imagem de um sujeito homofóbico. A letra da composição, assinada por Rose, contém trechos ofensivos a gays, bem como imigrantes e negros.

Apesar da controvérsia relacionada a Axl Rose, o músico Elton John, que é homossexual, nega que o vocalista do Guns N' Roses seja homofóbico. Ele falou sobre o assunto em entrevista a Zane Lowe, do Beats 1.

Elton John disse que sempre apoia pessoas que são criticadas com frequência, como Axl Rose e Eminem, que também conquistou a imagem de homofóbico graças a algumas de suas composições. "Para mim, Eminem nunca foi homofóbico. Ouvi todo o disco 'Marshall Mathers LP' antes de um show em South Hampton e gostei bastante. E pensei, 'como alguém poderia pensar dessa forma?'. Ele está apenas escrevendo sobre como as coisas são. Não como ele acha que são, mas como são", afirmou.

Após falar sobre Eminem, Elton John dissecou o seu pensamento sobre Axl Rose. "É a mesma coisa com Axl. Nunca, em um milhão de anos, pensei que ele fosse homofóbico. Fiz o MTV Music Awards com ele e o Guns N' Roses, bem como o Grammy com Eminem, de quem fiquei muito amigo. Lutarei a favor de qualquer um que seja incompreendido pelos idiotas que estão por aí", disse.

Veja também:
- 15 participações de Elton John em discos de rock e metal
- Elton John quase foi vocalista do King Crimson; conheça a história
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.