terça-feira, 14 de março de 2017

Para Flea, smartphones têm reduzido a atenção das pessoas
terça-feira, março 14, 2017


O baixista Flea, do Red Hot Chili Peppers, concedeu, recentemente, uma entrevista à rádio americana Live 105. Ao longo do bate-papo, o músico falou sobre as novas tecnologias, que, para ele, têm deixado as pessoas cada vez mais desatentas.

Flea começou o seu comentário falando de si próprio, quando percebeu que estava "viciado" no Twitter. "Senti isto quando ficava pegando o meu celular e olhando o que falavam no Twitter. É uma forma ridícula de se passar o tempo. Também há a questão psicológica de pensar em algo engraçado para dizer e depois, 'deixe-me tweetar isto, vai gerar um bom tweet'. Eu era um bom tuiteiro, mas não é algo saudável, ao menos para mim", afirmou.

Depois, ele comentou que os smartphones estão reduzindo a capacidade de atenção das pessoas. "Elas também estão perdendo a habilidade de mergulhar nas coisas sem sentir que você precisa olhar o seu celular, em vez de ouvir um disco, observar uma pintura, ler um livro ou assistir a um evento esportivo. Há todas essas coisas lindas que as pessoas fazem. E não podemos olhar ou ouvir para elas sem checar nosso celular a cada cinco segundos, para validar a nossa existência na Terra", disse.

Por fim, ele recomendou que os fãs de Red Hot Chili Peppers descartem seus smartphones. "Digo para que joguem seus celulares no lixo, venham ouvir a música e aproveitem o show. Vamos fazer algo bonito juntos. Quando estamos em um show, a audiência e nós, estamos todos fazendo algo juntos e tentando criar a magia. É a nossa noite, o nosso momento, estamos todos juntos e você está preocupado com celular?", afirmou.

Veja também:
- Josh Klinghoffer filma fãs ao invés de tocar solo
- Red Hot Chili Peppers se recusou a tocar com Dave Matthews Band
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.