sexta-feira, 7 de abril de 2017

Richie Kotzen não vê The Winery Dogs ativo nos próximos anos
sexta-feira, abril 07, 2017


O vocalista e guitarrista Richie Kotzen não enxerga o The Winery Dogs na ativa dentro dos próximos dois anos. A declaração foi feita em entrevista ao MyGlobalMind.

Questionado sobre o possível retorno às atividades do The Winery Dogs, Kotzen foi direto em sua resposta: "Não há nada planejado no momento e não prevejo nada acontecendo dentro dos próximos dois anos".

No restante de sua resposta, Richie Kotzen disse que não imaginava que trabalharia tanto com a banda. "Com o Winery Dogs, não pensava em entrar numa banda pelo resto da vida. A ideia era dar uma pausa em ser Richie Kotzen e fazer algo mais colaborativo. Pensei que seria legal fazer um disco, fazer alguns shows e só", disse.

Entretanto, a repercussão fez com que o projeto continuasse. "Terminamos com uma grande responsabilidade e excursionamos por um ano. As pessoas gostaram tanto que gravamos outro disco", afirmou.

Agora, Kotzen quer voltar a ser "ele mesmo". "Para mim, é hora de voltar para casa e fazer o que fiz. Lanço discos como Richie Kotzen desde os 18 anos. É uma fonte de sobrevivência, sanidade, arte e tudo o mais. Sei que os outros caras estão trabalhando em outros bons projetos. Isto preenche o vazio do The Winery Dogs", disse.

Ele conclui: "Não digo que acabou, você nunca sabe se daqui dois anos podemos nos juntar novamente e fazer algo. O que digo é que o Winery Dogs é a coisa mais distante da minha mente agora, com um disco solo chegando em breve".

Richie Kotzen lança seu novo disco solo, "Salting Earth", no dia 14 de abril.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.