segunda-feira, 29 de maio de 2017

O emotivo 1° show solo de Eddie Vedder após a morte de Chris Cornell
segunda-feira, maio 29, 2017


Eddie Vedder, vocalista do Pearl Jam, prestou homenagem a Chris Cornell em seu primeiro show solo desde a morte do cantor do Soundgarden. Em Amsterdã, no último sábado (27), o público notou que Vedder estava bem emocionado.

Conforme reportado pelo site Alternative Nation, Eddie Vedder respondeu a um grito de um fã, que disse "eu te amo", da seguinte forma:

"Obrigado. Preciso disso, todos nós precisamos. Estou pensando em muita gente hoje à noite. E alguns em particular e suas famílias. E eu sei que a cura leva tempo, se é que isso vai acontecer. Leva tempo e significa que você tem que começar de algum lugar. Então deixe que seja pela música. Pelo amor e união."

Um usuário do fórum do site oficial do Pearl Jam disse que o show de Eddie Vedder foi sobre Chris Cornell, mas sem menções diretas a ele. "Era claro que Eddie não conseguia conversar sobre aquilo de cabeça erguida. Ele falou sobre começar o processo de cura com a música e fez várias referências sobre como ele estava triste", afirmou.

O internauta comentou, ainda, que Eddie Vedder estava a ponto de cair em lágrimas e murmurou mais do que o usual. "Ele caiu violentamente ao chão durante 'Immortality" e outras músicas. Após 'The End', pensei que ele estava pronto para sair e não tocar mais. Houve momentos engraçados na segunda parte. Era possível ouvir a plateia ofegar, emocionada, quando 'Light Years' começou. Em uma parte de 'Sometimes', ele gritou: 'onde você está, meu Deus?'", disse.

Encontrado morto no último dia 18, Cornell se enforcou em um quarto de hotel, após ter feito uma apresentação com o Soundgarden. Ele tinha 52 anos.

Veja vídeo e repertório do show de Eddie Vedder em Amsterdã:



1. Long Road (Pearl Jam)
2. Trouble (Cat Stevens)
3. Sometimes (Pearl Jam)
4. Can't Keep (Pearl Jam)
5. Sleeping By Myself
6. Without You
7. Longing to Belong (with Jonas Pap playing cello)
8. The Needle and the Damage Done (Neil Young)
9. I Am Mine (Pearl Jam)
10. Light Years (Pearl Jam)
11. Good Woman (Cat Power)
12. Far Behind
13. No Ceiling
14. Guaranteed
15. Rise
16. I'm Open (Pearl Jam)
17. Better Man (Pearl Jam)
18. Immortality (Pearl Jam)
19. Porch (Pearl Jam)

Bis:
20. I'm So Tired (Fugazi)
21. Elderly Woman Behind the Counter on a Small Town (Pearl Jam)
22. Imagine (John Lennon)
23. Heroes (David Bowie)
24. Just Breathe (Pearl Jam)
25. Lukin (Pearl Jam)
26. Song of Good Hope (Glen Hansard)
27. Falling Slowly (The Swell Season)
28. The End (Pearl Jam)
29. Rockin' in the Free World (Neil Young)
30. Hard Sun (Indio)
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.