quinta-feira, 25 de maio de 2017

Situação do System Of A Down é "desanimadora", segundo baterista
quinta-feira, maio 25, 2017


O baterista John Dolmayan disse não entender por que o System Of A Down não trabalha em um novo disco. A declaração foi dada em entrevista à rádio X107.5, de Las Vegas.

"Faz 12 anos que não lançamos um álbum. Não sei o que acontece com o System Of A Down. Temos uma turnê agendada na Europa e sei o que todos dizem... 'por que não fazem uma turnê pelos Estados Unidos?' Não sei. Não sei por que não saímos por aí com um novo disco. É desanimador", afirmou.

Questionado se há algum membro em particular que esteja "travando" o novo disco, John Dolmayan afirmou que não. "Ninguém em particular. O engraçado é que nos juntamos em estúdio, todos se dão bem, nos divertimos na estrada. E muitos amigos americanos dizem: 'por que vocês não tocam nos Estados Unidos de forma mais frequente?'. Há dois anos, dissemos: 'olha, não fazemos um álbum há uma década, vamos fazer um primeiro'. Tínhamos intenção de ir para o estúdio. O tempo passou e cada um tinha sua própria opinião sobre quando isso deveria acontecer", disse.

Dolmayan diz que, se fosse do jeito dele, o System Of A Down teria lançado cinco discos em 12 anos. "Estamos prestando um desserviço a nós mesmos, porque temos um tempo limitado, entende? Chris Cornell morreu de forma inesperada, em um momento qualquer. Faz pensar em quanto tempo perdemos. E como o tempo é precioso. Não sei por que não fizemos um disco. Parece que estamos nos dando bem. Nos divertimos juntos. Acho que podemos lançar um ótimo álbum", afirmou.

Ainda segundo John Dolmayan, o System Of A Down teve sessões em estúdio e algumas músicas "muito boas" e "fortes" foram feitas na ocasião. A banda não lança um novo álbum desde "Hypnotize", de novembro de 2005.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.