segunda-feira, 17 de julho de 2017

AC/DC não usava metrônomo para gravar discos, diz Phil Rudd
segunda-feira, julho 17, 2017


O baterista Phil Rudd disse, em entrevista ao Music Radar, que o AC/DC não usava metrônomo, um dispositivo que mede o tempo no andamento musical, para gravar seus discos.

Rudd revelou, inicialmente, que não usou metrônomo nas gravações de seu recente disco solo, "Head Job". "Foi por pura determinação. Achei que o tempo no álbum era muito bom, especialmente se considerarmos que não há um metrônomo ali", disse.

Depois, o músico afirmou que não utilizava o recurso nem mesmo nos tempos de AC/DC, banda que integrou de 1975 a 1983 e de 1994 a 2015. "Na década de 1970, na Inglaterra, tentamos usar metrônomo e não conseguíamos. Não soava correto para a banda. Em algumas ocasiões, fizemos uso do metrônomo, mas não vou te dizer quais músicas foram", comentou, aos risos.

O baterista disse, contudo, que o metrônomo facilita bastante. "(O metrônomo) Até que funcionou um pouco para nós. Usar metrônomo deixa a vida mais fácil. Tira muita da pressão que há sobre você", afirmou.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.