quinta-feira, 20 de julho de 2017

Linkin Park estava em plena atividade e retomaria turnê no dia 27
quinta-feira, julho 20, 2017


A morte de Chester Bennington interrompe - talvez, em definitivo - as atividades do Linkin Park. A banda havia lançado seu sétimo disco de estúdio, "One More Light", em 19 de maio deste ano.

Dias antes, em 13 de maio, o grupo se apresentou no Brasil, no Maximus Festival, realizado em São Paulo (SP). Na ocasião, também tocaram na Argentina, no Peru e no Chile.

Depois da breve passagem pela América do Sul, o Linkin Park fez 17 shows na Europa, entre 9 de junho e 6 de julho. Foi nessa tour, inclusive, que Chester Bennington se irritou com a reação de alguns fãs com relação a "Heavy", single de "One More Light".

- Veja: Chester se irrita com reação de fãs a "Heavy" em show do Linkin Park

O falecimento do cantor ocorreu em meio a uma pequena pausa na turnê. No próximo dia 27 de julho, o Linkin Park voltaria à estrada para uma turnê de 29 datas pela América do Norte, que duraria até outubro. Havia, ainda, três datas marcadas em Chiba, no Japão, para os dias 2, 4 e 5 de novembro.

Os demais integrantes do Linkin Park devem se pronunciar, futuramente, para dizer se a banda continua ou não. Contudo, o grupo deve, mesmo, encerrar suas atividades após o trágico ocorrido.

Leia também:
Encontrado morto, Chester Bennington já foi abusado e lidou com vícios em sua vida
"One More Light" é o ponto mais baixo da carreira do Linkin Park
Chester Bennington revela por que saiu do Stone Temple Pilots
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.