quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Por que o Guns N' Roses não colocou 'November Rain' em 'Appetite for Destruction'?
quinta-feira, agosto 31, 2017


Não é segredo para os fãs de Guns N' Roses que a banda já tinha um vasto repertório de composições antes de começar a gravar seu primeiro álbum, "Appetite For Destruction" (1987). Algumas canções, como "November Rain", estavam prontas em meados de 1986, mas só foram aproveitadas nos posteriores "Use Your Illusion I" e "Use Your Illusion II" (1991).

Por qual motivo "November Rain", em especial, ficou fora de "Appetite For Destruction"? Steve Thompson, responsável pela mixagem do álbum, revelou o motivo pelo qual a canção foi deixada de lado na época em entrevista a Mitch Lafon (transcrição por Ultimate Guitar).

"Eu amei a música, mas achei que a direção do álbum era mais 'punk rock na cara'. E senti que 'November Rain' não se encaixava. Ótima música, tinha grande potencial. Obviamente, quando saiu em 'Use Your Illusion I', Axl fez o que precisava fazer para completar sua visão sobre aquele caminho", disse Thompson.

Vale destacar que, além de "November Rain", outras músicas consagradas posteriormente pelo Guns N' Roses foram compostas antes de "Appetite For Destruction" ter sido gravado. Entre elas, estão "Don't Cry", "You Could Be Mine" e "Back Off Bitch".

O profissional destacou, ainda, que a entrada de certa música em "Appetite For Destruction" o surpreendeu. "É incrível que tenhamos 'Sweet Child O'Mine' no álbum, sabendo que seguíamos pela direção punk rock. Foi algo bom. O único pesadelo é que a faixa tinha 6 minutos e a gravadora ligou dizendo: 'vocês precisam editar para 3 minutos e 20 segundos'", afirmou.

Steve Thompson sentiu que estava em uma sinuca de bico, mas conseguiu resolver a situação com os músicos, que não gostaram da novidade. "Fomos editá-la e Slash odiou, porque tiramos algumas de suas partes de guitarra. Eu disse: 'Slash, é só uma peça promocional de rádio. Temos a versão completa no álbum'. Não o culpo. Se eu fosse um guitarrista, ficaria puto também, mas não podíamos fazer nada", disse.

Veja também:
Guns N' Roses é, até agora, a banda que mais faturou com shows em 2017
Matt Sorum relembra exaustão e pianos no Guns N' Roses dos anos 90
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.