quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Questões físicas tiraram Bill Ward da reunião do Black Sabbath
quinta-feira, agosto 17, 2017


O baterista Bill Ward não participou da reunião do Black Sabbath devido a questões físicas. Ao menos, é o que afirma o guitarrista Tony Iommi, em entrevista ao London's Regret Sounds (transcrição por Blabbermouth).

A declaração de Iommi reforça o que Ozzy Osbourne já havia dito, anteriormente, ao The Pulse Of Radio: Bill Ward não estava na melhor forma física para encarar uma extensa turnê. Graças a isso, e devido a histórico do baterista - que sofreu dois ataques cardíacos nas últimas duas décadas -, houve receio em contar com Ward.

Veja também:
Os instrumentos que Tony Iommi tocou nos discos do Black Sabbath
A entrevista que fez David Donato ser demitido do Black Sabbath

Inicialmente, Tony Iommi diz que gostaria de ter feito os últimos shows da turnê "The End" com Bill Ward. "Teria sido legal fazer os últimos shows com Bill, mas não aconteceu. E é besteira, porque foi por nada. Mesmo se fizéssemos somente alguns shows, seria legal", afirmou.

Em seguida, o músico explicou por que Bill Ward ficou de fora da reunião por completo. "Não acho que ele perceba o quanto teria sido difícil (a turnê) para ele. Trouxemos outro baterista apenas no caso de Bill dizer 'não posso fazer isso', por alguns dias ou algo do tipo. É arriscado sair e, depois, Bill dizer 'não posso tocar' e ter que cancelar com 70 mil pessoas. É muito difícil, e não é justo com os fãs, nem com ele", disse.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.