quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Ronnie Wood demorou 17 anos para pedir aumento nos Rolling Stones
quinta-feira, agosto 24, 2017


O guitarrista Ronnie Wood disse que demorou 17 anos para pedir um aumento em seu pagamento nos Rolling Stones. A revelação foi feita em entrevista ao jornal The Guardian.

O músico se juntou aos Rolling Stones em 1975. Com um pouco de matemática, pode-se inferir que ele tenha pedido seu primeiro aumento em 1992.

Ao ser questionado se ele ainda se sente o "novato" nos Stones, Ronnie Wood disse: "São apenas 40 anos! Tive o meu aprendizado, após 17 anos, antes de ter um aumento - antes mesmo de eu pensar sobre isso".

Em seguida, Wood descreveu a situação. "Eu disse: 'será que devo ganhar um pouco mais?'. E eles disseram: 'sim, pensávamos que você nunca iria pedir... aqueles que não perguntam, não querem, companheiro", afirmou.

Ronnie disse que foi "desviado" por 10 anos de excessos com seu colega de guitarra, Keith Richards. E citou um questionamento que existia entre eles: quem era o melhor guitarrista?

"Tivemos que ligar para Eric Clapton, que nos disse: 'nenhum de vocês, eu sou melhor que os dois'. Ainda estamos todos juntos e toda vez que nos encontramos, é como se o tempo não tivesse passado. E, ainda assim, há muitas histórias para preencher, tantas aventuras", afirmou Wood.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.