sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Tom Morello descarta teorias sobre morte do amigo Chris Cornell
sexta-feira, outubro 27, 2017


A morte de Chris Cornell tem sido alvo de muita especulação desde que ocorreu. Especialmente nas redes sociais, afirma-se que o músico, que tirou a própria vida em maio deste ano, teria sido assassinado em vez de cometido suicídio.

Em entrevista ao "The Blairing Out With Eric Blair Show" (transcrita por Blabbermouth), o guitarrista Tom Morello, com quem Chris Cornell tocou no Audioslave, rechaçou qualquer teoria relacionada à morte do amigo. Ao ser questionado se houve alguma "mão sinistra" envolvida no caso, ele foi direto ao responder: "A única mão sinistra foi o vício de uma vida inteira que finalmente lhe pegou".

Durante o bate-papo, Tom Morello também disse que sofreu muito ao lidar com a morte de Chris Cornell, a quem ele chamou de "um amigo próximo, um grande artista e um dos grandes cantores de rock da história". "Ele era ótimo, fantástico. Amava a vida, a família, a música, e isso é uma tragédia", afirmou.

Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.