quarta-feira, 8 de novembro de 2017

A Perfect Circle expulsa 60 fãs de show por tirarem fotos
quarta-feira, novembro 08, 2017

Cerca de 60 fãs foram expulsos de um show da banda A Perfect Circle, no último fim de semana, em Reading, nos Estados Unidos. O motivo? O público em questão fazia uso de celulares para registrar fotos e vídeos da apresentação.

A política de proibição de celulares para registro de fotos e vídeos das apresentações não é uma surpresa. Antes de todos os shows da atual turnê do A Perfect Circle na América do Norte - incluindo este em Reading -, os fãs são avisados, pelo telão, que a atitude é proibida.

Veja uma foto da mensagem exibida no telão, divulgada pelo site MetalSucks:


A informação foi confirmada por David Farrar, gerente do local da apresentação, a Santander Arena & Performing Arts Center. Por meio do Instagram, ele comentou em um post feito por um fã que "60 pessoas" foram retiradas por "tirarem fotos" e complementou: "Isso é 110% política da banda e tem sido exercida por Tool, A Perfect Circle e Puscifer... não é uma política nova".

Desde que a expulsão em massa ocorreu, o frontman do A Perfect Circle, Maynard James Keenan, tem sido questionado por diversos internautas sobre a medida. De forma breve, ele respondeu, também via comentário de Instagram: "Sem. Gravações. De. Qualquer. Tipo. Por. 25. Anos. Experiência guiada. Desligue e aproveite a viagem".

Em entrevista concedida neste ano a Joe Rogan, Maynard James Keenan já se posicionou contrário ao uso de celulares em shows. "Isso me irrita, pois acredito na tradição oral. Encorajo a narrativa, poder descrever a situação aos amigos, sentando em volta do fogo após um grande dia de caça. [...] Mas se você não tem capacidade de absorver o que viu, se você confia nessa coisa para capturar essas histórias para você...", disse.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.