sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Líder do Anvil diz que só agora tem alguma estabilidade na vida
sexta-feira, novembro 03, 2017


O frontman do Anvil, Steve "Lips" Kudlow, disse que só agora está tendo alguma estabilidade na vida, após décadas de perrengue no cenário musical. A revelação foi feita em entrevista ao Voice FM (transcrição por Blabbermouth).

Durante o bate-papo, Steve "Lips" afirmou que tem tido muitas novas experiências desde que o Anvil foi "redescoberto" pelo público, graças ao sucesso do documentário "Anvil! The Story Of Anvil", de 2008. "A música do Anvil é otimista. Existe um amanhã e algo para se olhar adiante, para se trabalhar. [...] Quando se faz o que ama, você tem uma grande vantagem, porque nunca parece um trabalho. Sinto como se tivesse me aposentado, pois não faço mais trabalhos braçais", afirmou.

O músico destacou que isso é algo "incrível", especialmente em sua idade - ele tem 61 anos. "Assim como Angus (Young, AC/DC) lida com ter que se aposentar, porque todos da banda saíram, estou em uma direção oposta. As coisas acabaram de começar para mim. Estou em uma corrida contra o tempo, só tenho algum tempo restante. É o aspecto ruim. Finalmente comecei a me estabilizar, em um ponto onde muitos de minha idade já estão saindo de cena. É interessante", disse.

Apesar de sentir que o tempo pode ser um problema, Steve "Lips" Kudrow celebrou o estado atual de sua vida. "Agora, tudo depende de nós. Sem mais entregas, sem mais trabalhos de construção, sem mais nada. Apenas rock and roll", afirmou.

O músico também comentou que o 40° aniversário do Anvil será celebrado. "Não será somente os próximos meses, vai atravessar o próximo ano. Para dizer a verdade, provavelmente vamos encerrar daqui um ano, contando a partir de agora, para fazer novas composições", disse.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.