domingo, 12 de novembro de 2017

Por que Joe Satriani não quis ficar no Deep Purple?
domingo, novembro 12, 2017


Durante uma recente sessão de perguntas e respostas realizada no Facebook (transcrita pelo Ultimate Guitar), o guitarrista Joe Satriani voltou a falar sobre a sua curta passagem pelo Deep Purple. Ele substituiu Ritchie Blackmore em duas excursões entre 1993 e 1994 - o guitarrista original deixou o grupo no meio da turnê de "The Battle Rages On".

Ao ser questionado se ele gostaria de continuar a trabalhar com o Deep Purple, Joe Satriani respondeu que "se pudesse, gostaria". "Entretanto, eles meio que me tiraram da minha carreira solo no momento em que estava entrando em uma fase interessante", disse.

Satriani também afirmou que "não poderia se doar 100% - e era o que eles precisavam". "Eles estavam substituindo Ritchie Blackmore e precisavam de alguém 100%. Agradeço a Deus que tenham encontrado Steve Morse, porque ele é um gênio", comentou.

Na época em que entrou para o Deep Purple, Joe Satriani havia acabado de lançar seu quinto disco de estúdio, "Time Machine", segundo e último álbum dele a receber disco de ouro nos Estados Unidos - o outro foi o clássico "Surfing With The Alien" (1987). Duas faixas do álbum, lançado em 1993, foram indicadas ao Grammy.

Veja um vídeo de um show completo do Deep Purple com Joe Satriani:

Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.