segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Linkin Park com holograma de Chester? 'Sem chances', diz Shinoda
segunda-feira, dezembro 18, 2017


Performances de bandas acompanhadas de hologramas de ícones mortos parecem ter se tornado algo mais comum atualmente. Entre os nomes homenageados desta forma nos últimos tempos, está o do lendário vocalista Ronnie James Dio, além do rapper Tupac Shakur e da cantora Whitney Houston.

Durante uma transmissão ao vivo feita pelo Instagram, o músico Mike Shinoda foi questionado por fãs sobre a possibilidade de o Linkin Park se apresentar junto de um holograma de Chester Bennington, falecido em julho deste ano. Em resposta, Shinoda descartou completamente a ideia.

"Não podemos fazer um holograma de Chester? Não posso sequer pensar em uma ideia de um Chester holográfico. Ouvi pessoas fora da banda sugerindo isso e não há a menor chance. Não posso f*der com isso", afirmou.

Shinoda completou que um holograma de Chester seria "a pior coisa". "Para qualquer um de vocês que tenha perdido uma pessoa amada, um melhor amigo, um membro da família... vocês podem imaginar um holograma dessa pessoa? Péssimo. Não posso fazer isso", disse.

Mike também declarou, de forma sucinta, que não sabe os planos futuros para o Linkin Park. "Não sei o que faremos, mas vamos descobrir eventualmente", afirmou.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.