sábado, 2 de dezembro de 2017

Sebastian Bach relembra fato bizarro após Guns N' Roses 'causar' em St. Louis
sábado, dezembro 02, 2017


Poucos sabem, mas o vocalista Sebastian Bach estava em St. Louis, nos Estados Unidos, na noite em que ocorreu o famoso tumulto envolvendo o Guns N' Roses. Na ocasião, em 2 de julho de 1991, a banda encerrou o show antes da hora após Axl Rose partir para cima de um fã que tirava fotos da apresentação. O público se revoltou com o fim da performance e causou uma confusão generalizada.

Em entrevista à rádio KSHE 95 (transcrita pelo Ultimate Guitar), Sebastian Bach relembrou, inclusive, uma situação curiosa ocorrida na mesma noite. O cantor, que integrava o Skid Row na época, revelou que um amplificador do então guitarrista do Guns N' Roses, Izzy Stradlin, foi encontrado a três quilômetros do Riverport Amphitheater, onde ocorria a apresentação.

Inicialmente, Bach comentou que passou a noite anterior ao show com os músicos do Guns N' Roses em uma boate de strip-tease em St. Louis. "Era onde estávamos, eu e o Guns N' Roses, Axl, todos ficamos lá até amanhecer", afirmou.

Depois, Sebastian contou que a história que mais o assusta sobre o incidente é que, "no dia seguinte, encontraram um dos amplificadores de Izzy Stradlin a uns três quilômetros, em uma parada de ônibus". "Era uma caixa Marshall. Alguns fãs devem ter subido no palco, pegaram tudo e carregaram, pensando que levariam para casa", contou Bach, aos risos.

O cantor complementou: "Eles devem ter chegado ao ponto de ônibus e o motorista, provavelmente, disse: 'você não pode transportar isso aqui'. Devia ser algo grande demais ou, talvez, só deixaram no ponto de ônibus mesmo".

Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.