quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

The Killers é criticado por ato hipócrita com fotógrafos
quinta-feira, dezembro 14, 2017


No último domingo (10), o vocalista Brandon Flowers convidou o fotógrafo oficial do The Killers, Rob Loud, para o palco onde a banda se apresentava, no KROQ Almost Acoustic Christmas, em Los Angeles (Estados Unidos). O local foi justamente onde Josh Homme, do Queens Of The Stone Age, havia chutado a câmera de uma fotógrafa, machucando-a e fazendo-a parar no hospital.

Flowers deu um abraço no fotógrafo oficial do The Killers e o pediu para que ele avisasse ao público que todos os profissionais de imagem são bem-vindos aos shows da banda. Ele brincou, ainda, que quem trabalha na área é responsável por deixá-los "bonitos para o mundo".

Veja o vídeo:



Entretanto, de acordo com o site da Billboard, o The Killers tem sido criticado pelos próprios fotógrafos - incluindo os que trabalhavam no evento em questão - pois a política da banda com relação às imagens produzidas em seus shows é completamente restritiva. O grupo comumente proíbe a ação dos profissionais e deixa apenas que seu contratado oficial registre os eventos - atitude ocorrida, inclusive, durante performance no Lollapalooza Brasil 2013, segundo o Tenho Mais Discos Que Amigos.

Ainda segundo a Billboard, a atitude restritiva do The Killers foi tomada em meados de 2006. A banda afirma que as melhores imagens são feitas de cima do palco e não do pit (área abaixo do palco, na frente da plateia, onde os fotógrafos geralmente ficam).

"Não soou como um apoio já que veio de alguém que nos proíbe de fazer o nosso trabalho como imprensa. É extremamente frustrante para os fotógrafos profissionais que viajam e tiram fotos de shows e festivais para os seus veículos e aí não podem clicar as atrações principais. Os artistas parecem não se importar com a imprensa", disse Amy Harris, uma das fotógrafas entrevistadas pela Billboard.

"Se você entrar em detalhes sobre os comentários de Brandon, eles são cômicos. Ele foi o único artista naquele final de semana que não permitiu fotografias. É difícil vender nossas fotos para os veículos quando você não pode fotografar o headliner", complementou Paul Hebert, outro profissional da área, também à Billboard. Hebert disse, ainda, que muitas bandas tratam mal os fotógrafos, mas destacou que nomes como Tom Morello (Prophets Of Rage) e Matt Bellamy (Muse) os apoiam, os defendem e se apresentam de modo a privilegiar o registro de imagens.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.