sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

35 discos de rock e metal aguardados para 2018
sexta-feira, janeiro 12, 2018


O ano de 2018 já teve início e alguns fãs de rock e heavy metal já estão na expectativa para ouvir novos trabalhos de suas bandas favoritas.

Bandas de metal como Judas Priest, Saxon, Angra, Black Label Society e Machine Head já colocaram até data para seus discos saírem. Alguns, inclusive, já chegam a público na próxima semana.

Alguns registros aguardam a confirmação de poucos detalhes, como data e título. Grupos como Ghost, Whitesnake e Stone Temple Pilots são citados entre os que estão nessa situação.

Há, ainda, os nomes que só especularam a possível gravação de um novo disco. Entre eles, estão Ozzy Osbourne, Pearl Jam, Arctic Monkeys e Slayer.

20 lançamentos de rock e metal em janeiro de 2018

Diante de tantos panoramas, confira, a seguir, 35 discos de rock e metal aguardados para 2018.

Judas Priest

- Status: confirmado.

"Firepower", 18° disco de estúdio do Judas Priest, tem lançamento marcado para o dia 9 de março. O álbum deve manter a essência de "Redeemer Of Souls" (2014), apostando em um heavy metal de proposta mais direta.



Ozzy Osbourne

- Status: especulação.

Ozzy Osbourne anunciou, no fim do ano passado, que faria sua última turnê mundial entre 2018 e 2020. Com Zakk Wylde de volta à sua banda, Ozzy também revelou ter planos de gravar um disco de estúdio. Por outro lado, em entrevistas, o Madman afirmou que não há propósito em gravar álbuns nos dias de hoje. O jeito é esperar.

Alice In Chains

- Status: em gravação.

O Alice In Chains entrou em estúdio no segundo semestre de 2017 para gravar um novo disco, novamente com Nick Raskulinecz na produção. A ideia é lançar ainda na primeira metade de 2018. O sucessor de "The Devil Put Dinosaurs Here", aparentemente, já está em fase de conclusão e será o terceiro trabalho da banda com William DuVall nos vocais.

Myles Kennedy

- Status: confirmado.

O aguardado disco solo de estreia de Myles Kennedy, vocalista do Alter Bridge e de Slash & The Conspirators, já tem data para sair: 9 de março de 2018. Conceitual, o álbum lida com a história da infância de Kennedy, focando, em especial, na morte de seu pai no ano de 1974 - o ano do tigre, segundo o calendário chinês.



Whitesnake

- Status: só falta a data.

O 12° disco do Whitesnake já tem até título: "Flesh & Blood". O trabalho, que sucede "Forevermore" (2011), chega ao público na primeira metade de 2018 e marca a estreia do guitarrista Joel Hoekstra.

Pearl Jam

- Status: especulação.

O baixista Jeff Ament indicou, em entrevista ao podcast The Powell Movement, que um novo disco do Pearl Jam já começou a ser feito. A especulação em torno do sucessor de "Lightning Bolt" (2013) tem relação com a data: pode não sair em 2018.

Extreme

- Status: em gravação.

O vocalista Gary Cherone e o guitarrista Nun oBettencourt confirmaram, em entrevista à uDiscover Music, que estão gravando um novo disco com o Extreme. Será o primeiro em 10 anos - o último foi "Saudades de Rock", de 2008. A ideia era lançar um single no fim de 2017, mas não rolou, então, os músicos prometeram que o álbum será liberado como um todo neste ano.

Ghost

- Status: só falta a data.

O vocalista e líder do Ghost, Tobias Forge, confirmou ao Albuquerque Journal que o Ghost vai lançar um novo disco de inéditas. Em setembro, a banda completou um mês em estúdio, então, o material já deve estar concluído. A ideia é lançar o sucessor de "Meliora" (2015) em abril de 2018 - só falta a data exata. Em janeiro, chega a público a versão em formato físico do ao vivo "Ceremony And Devotion".

Joe Perry

- Status: confirmado.

O sexto disco solo de Joe Perry, "Sweetzerland Manifesto", sai em 19 de janeiro. O músico conta com as participações de Johnny Depp, Robin Zander, Zak Starkey e outros músicos conhecidos. O trabalho sucede "Have Guitar, Will Travel", de 2009.

Black Label Society

- Status: confirmado.

"Grimmest Hits", décimo disco de estúdio do Black Label Society, já está saindo do forno. O trabalho chega a público em 19 de janeiro.



Saxon

- Status: confirmado.

O incansável Saxon divulga, em 2 de fevereiro, seu 22° álbum de estúdio. O registro se chama "Thunderbolt" e, mais uma vez, tem a produção de Andy Sneap. Uma das faixas, "They Played Rock And Roll", é um tributo ao Motörhead.



Angra

- Status: confirmado.

"Ømni", nono disco de estúdio do Angra, será lançado em 16 de fevereiro. É o primeiro trabalho a não contar com Kiko Loureiro, atualmente no Megadeth, na guitarra. Marcelo Barbosa assume a função. O sucessor de "Secret Garden" (2014) conta, mais uma vez, com Fabio Lione nos vocais e Bruno Valverde na bateria, além de Rafael Bittencourt na guitarra e Felipe Andreoli no baixo. Novamente conceitual, o registro conta uma série de pequenas histórias de ficção científica que acontecem, ao mesmo tempo, em distintas localidades.



Dokken

- Status: planejado.

O Dokken prometeu um disco "de rock direto" para 2018. O sucessor de "Broken Bones" (2012) teve a sua gravação planejada para o fim de 2017, mas não há confirmação se Don Dokken e seus asseclas realmente foram para o estúdio. Diferente do que se esperava, o registro não deve contar com George Lynch na guitarra e Jeff Pilson no baixo, envolvidos em uma recente reunião do grupo.

Slayer

- Status: especulação.

O guitarrista Kerry King disse, em entrevista ao Full Metal Jackie, que gostaria de gravar um novo disco em 2018. Ainda é especulação, pois não se sabe se será gravado - e se for registrado, não há muitas chances de sair ainda neste ano. No entanto, tudo é possível.

Stone Temple Pilots

- Status: só falta a data.

Com o novo vocalista Jeff Gutt, o Stone Temple Pilots planeja lançar seu novo disco em março de 2018. Uma das músicas, "Meadow", já foi divulgada. Será o primeiro álbum desde o autointitulado, de 2010, e o primeiro registro desde o EP "High Rise", de 2013, gravado com Chester Bennington.



Rammstein

- Status: planejado.

Em entrevista, o tecladista Flake disse que o Rammstein volta ao estúdio em fevereiro para gravar um novo disco, cujo lançamento deve ocorrer no fim do ano. Por enquanto, ainda são planos. O guitarrista Richard Kruspe chegou a dizer, anteriormente, que o novo registro deve ser o último da banda.

Halestorm

- Status: só falta a data.

Com o mesmo produtor do Alice In Chains, Nick Raskulinecz, o Halestorm voltou ao estúdio no fim de 2017 para gravar um novo disco. Aparentemente, o registro está concluído, pois os músicos da banda falam, em entrevista, que o trabalho com o produtor foi bastante proveitoso. Ainda sem título e data marcada, a ideia é lançar o álbum no primeiro semestre deste ano.

Stryper

- Status: só falta a data.

O Stryper planejava entrar em estúdio em outubro deste ano para gravar um novo disco. No entanto, a saída de Tim Gaines para a entrada de Perry Richardson pode ter atrasado um pouco os planos. Por outro lado, Michael Sweet é um workaholic, então, é de se esperar que o trabalho - sucessor de "Fallen" (2015) - chegue, sim, ainda em 2018.

A Perfect Circle

- Status: diz-se que está confirmado.

Não dá para confiar muito quando o A Perfect Circle diz que vai lançar um novo disco. Mas dessa vez parece ser sério, pois alguns singles do projeto de Maynard James Keenan já foram divulgados. O sucessor do álbum de covers "Emotive" (2004) deve estrear ainda em 2018.



Tool

- Status: diz-se que está confirmado.

Assim como o projeto alternativo, a banda principal de Maynard James Keenan deve lançar um novo disco em 2018. O sucessor de "10,000 Days" (2006) foi confirmado pelo baterista Danny Carey. Tom Morello, guitarrista do Rage Against The Machine, afirmou ter escutado as trilhas instrumentais do álbum.

Machine Head

- Status: confirmado.

O consistente Machine Head lança seu nono disco de estúdio, "Catharsis", em 26 de janeiro. Trata-se do sucessor de "Bloodstone & Diamonds"
(2014).



Baroness

- Status: especulação.

O Baroness alcançou um nível altíssimo com "Purple" (2015), seu quarto disco de estúdio. E o aguardado sucessor, ainda sem título, é esperado para 2018. O álbum marcará a estreia da guitarrista Gina Gleason, descoberta pelos demais membros do grupo via Instagram.

Queensrÿche

- Status: só falta a data.

O terceiro disco do Queensrÿche com Todd La Torre nos vocais só precisa de título e data para ser lançado, segundo os músicos da banda. As gravações começaram no segundo semestre e, aparentemente, está tudo pronto. A ideia é lançar no primeiro semestre de 2018.

Jonathan Davis

- Status: só falta a data.

O primeiro disco propriamente solo de Jonathan Davis deve, enfim, ser lançado em 2018. Falta ganhar um título e uma data para sair, mas, segundo Davis, está tudo pronto. As músicas usadas para o álbum estão sendo compostas há 10 anos, de acordo com o vocalista do Korn.

Jack White

- Status: só falta a data.

O produtivo Jack White passou um tempo sem lançar algo, mas, já no início de 2018, divulgou duas músicas. As faixas, segundo ele, farão parte de um novo disco de estúdio, seu terceiro trabalho solo.

Skid Row

- Status: planejado.

O Skid Row confirmou, no início de 2017, que entrou em estúdio para gravar o terceiro EP da trilogia "United World Rebellion". Seria o primeiro registro com ZP Theart nos vocais. Até agora, nem mesmo um single foi lançado.

Arctic Monkeys

- Status: especulação.

O baixista Nick O'Malley disse, em entrevista à revista For The Ride, que o Arctic Monkeys tem gravado um novo disco desde setembro. Aparentemente, a ideia é lançá-lo ainda em 2018, pois, segundo o músico, "se não sair até lá, teremos problemas". O sucessor de "AM" (2013) é bastante aguardado, tendo em vista o êxito comercial conquistado pelo álbum - conquistou disco de platina nos Estados Unidos, platina triplo no Reino Unido, platina duplo na Austrália e ouro em vários outros países da Europa.

Muse

- Status: especulação.

Em fevereiro de 2017, foi dito que o Muse gravaria um novo disco para ser lançado em 2018. Já em agosto, o baixista Chris Wolstenholme afirmou que o álbum deve demorar a sair, pois os músicos estão insatisfeitos com a forma que se consome música atualmente. Assim, o oitavo full-length de estúdio do grupo entra na ala de "especulação".

The Offspring

- Status: planejado.

O vocalista e guitarrista Dexter Holland disse que o The Offspring vai lançar um novo disco em 2018. O 10° trabalho da banda foi anunciado em entrevista ao Multishow, durante sua passagem pelo Rock In Rio 2017. O guitarrista Noodles complementou que algumas faixas já estão prontas, enquanto outras ainda seriam trabalhadas.

Tesla

- Status: só falta a data.

O próximo disco de estúdio do Tesla já está praticamente pronto, segundo seus integrantes. O álbum foi produzido pelo guitarrista do Def Leppard, Phil Collen, e uma das músicas oriundas desse trabalho conjunto, "Save That Goodness", saiu no ao vivo "Mechanical Resonance Live!". O novo registro sucederá "Simplicity" (2014).



Fall Out Boy

- Status: confirmado.

"Mania", sétimo disco de estúdio do Fall Out Boy, já está pronto para ser lançado. O disco chega a público em 19 de janeiro de 2015 e sucede "American Beauty/American Psycho" (2015).



Michael Schenker Fest

- Status: confirmado.

"Resurrection", novo disco do projeto Michael Schenker Fest, já tem data para sair: 2 de março de 2018. A ideia é, de fato, apostar em um disco em tom de festa, com muitas participações especiais. Entre os convidados, estão Kirk Hammett (Metallica), Gary Barden, Graham Bonnet, Robin McAuley, Doogie White e outros.



Dizzy Reed

- Status: confirmado.

O primeiro disco solo de Dizzy Reed, "Rock 'N Roll Ain't Easy", será lançado em 16 de fevereiro. O trabalho foi gravado com Richard Fortus na guitarra e a cozinha do W.A.S.P.: Mike Dupke na bateria e Mike Duda no baixo.



Kamelot

- Status: só falta a data.

O Kamelot está nos preparativos finais de seu próximo disco, ainda sem título e data para lançamento. Sabe-se que o sucessor de "Haven" (2015) chega a público em abril de 2018.

Warrel Dane

- Status: em espera.

O vocalista Warrel Dane produzia o disco "Shadow Work" quando morreu, em São Paulo, em dezembro deste ano. A ideia era lançá-lo em 2018. O guitarrista Johnny Moraes disse, ao UOL, que boa parte do trabalho já havia sido feita e que, talvez, as gravações sejam completas com a ajuda de convidados para divulgar o álbum, como uma forma de homenagem. Ainda não se sabe, de fato, o que será feito com o material.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.