terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Dolores O'Riordan, dos Cranberries, tentou suicídio em 2013
terça-feira, janeiro 16, 2018


A causa da morte da vocalista dos Cranberries, Dolores O'Riordan, ainda não foi divulgada. Entretanto, o site TMZ destacou uma evidência preocupante.

Segundo a publicação, a cantora tentou cometer suicídio, por meio de overdose, em 2013. Ela sofria de depressão e, na época, teve um colapso mental.

Além disso, segundo o TMZ, Dolores O'Riordan sofria de transtorno bipolar. Ela afirmava acreditar que seus problemas emocionais ocorriam devido a abusos que sofreu quando criança.

A informação divulgada pelo TMZ é apenas um resgate histórico sobre a trajetória de Dolores O'Riordan. Não há nenhum indicativo, até o momento, de que ela tenha cometido suicídio.

A cantora faleceu nesta segunda-feira (15), aos 46 anos, em Londres, na Inglaterra, onde a banda se encontrava para uma breve sessão de gravações. A família pediu privacidade neste momento e informou, apenas, que sua morte ocorreu de forma "repentina". A polícia trata o caso como "morte súbita", sem circunstâncias suspeitas.

Leia:
O comunicado da polícia sobre a morte de Dolores O'Riordan
Dolores O'Riordan morreu antes de gravar com banda de metal
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.