terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Polícia divulga comunicado sobre morte de Dolores O'Riordan, dos Cranberries
terça-feira, janeiro 16, 2018


A Scotland Yard, sede central da Polícia de Londres, Inglaterra, divulgou um comunicado nesta terça-feira (16) sobre a morte de Dolores O'Riordan, vocalista dos Cranberries. A corporação completou a parte inicial da investigação sobre o falecimento, ocorrido na última segunda-feira (15).

"A polícia em Westminster lidou com uma morte súbita. Oficiais foram chamados às 9h05 (manhã) na segunda-feira, 15 de janeiro, a um hotel em Park Lane. Uma mulher de 46 anos foi declarada morta no local. A morte não é tratada como suspeita", disse um representante a jornalistas.

No comunicado, a causa da morte ainda não é informada. Ainda será necessário algum tempo até que a investigação seja concluída e mais detalhes sejam apresentados.

Dolores O'Riordan morreu enquanto estava hospedada em um hotel em Londres para fazer uma breve sessão de gravação com a banda Bad Wolves. Eles registrariam, juntos, uma versão de "Zombie", clássico dos Cranberries.

- Leia: Dolores O'Riordan tentou suicídio em 2013
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.