domingo, 21 de janeiro de 2018

Por que o Black Sabbath nunca teve um guitarrista base?
domingo, janeiro 21, 2018


O guitarrista Tony Iommi revelou, em entrevista à Guitar World, por qual motivo o Black Sabbath nunca contou com um guitarrista base. O mais próximo disso foi conquistado com o tecladista Geoff Nicholls, que, ocasionalmente, assumia o instrumento por trás do palco.

"Trabalhei com um guitarrista base nas minhas primeiras bandas com Bill Ward. Soava legal, mas eu sentia que aquilo confundia as coisas. Nenhum guitarrista toca do mesmo jeito, e estas diferenças podem entrar em conflito. Quando tocava com outros guitarristas naqueles tempos eu sempre sentia que certas coisas ficavam estranhas ou não estavam batendo, então decidi manter o Black Sabbath como um quarteto", explicou Iommi.

Apesar disso, o músico reforçou que trabalhou com outros guitarristas mesmo após conquistar a fama com o Black Sabbath. "No decorrer dos anos, toquei com outros músicos e tive grandes experiências. Quando toquei com Brian May (Queen), por exemplo, funcionou perfeitamente, estávamos na mesma vibração e entendíamos e respeitávamos um ao outro", disse.

Ao ser questionado sobre uma possível parceria com Brian May para o futuro, Iommi respondeu: "Falamos sobre isto quando ele veio à minha casa há alguns meses. Hoje eu quero fazer somente coisas que eu realmente goste, e esta seria uma delas".
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.