quinta-feira, 15 de março de 2018

Doogie White relembra teste que fez para entrar no Iron Maiden
quinta-feira, março 15, 2018


O vocalista Doogie White (Michael Schenker, Yngwie Malmsteen, Talk, Rainbow) falou, em entrevista ao The Metal Voice (tradução via Van do Halen), sobre o teste feito para assumir a vaga de vocalista do Iron Maiden, em 1993. Ele buscava o posto para substituir Bruce Dickinson, mas Blaze Bayley acabou sendo o novo integrante.

"Enviei uma fita a eles. Dickie Bell, manager de produção, retornou marcando uma audição e entregando um cassete, além das letras das músicas. Eram 18, a maioria presente nos discos 'A Real Live One' e 'A Real Dead One'. Fomos até a casa de Steve Harris, tocamos em um círculo, com Nicko McBrain atrás de mim. Tomamos chá, conversamos e foi isso", disse o cantor.

White citou, ainda, algumas músicas que fizeram parte do teste. "Cantei ‘Be Quick Or Be Dead’, ‘From Here To Eternity’, ‘The Evil That Men Do’ e depois as mais clássicas, como ‘Run To The Hills’", afirmou.

Doogie acabou sendo informado, pouco tempo depois, de que não havia conseguido o posto. "Steve tinha uma ideia do que queria. Duas semanas depois, me ligou e disse que dariam a vaga a Blaze. Ele é ótimo, um dos maiores trabalhadores do Rock and Roll", disse.

Embora tenha feito elogios a Blaze Bayley e ao Iron Maiden por sua decisão, Doogie White acredita que a história teria se encerrado da mesma forma - com o retorno de Bruce Dickinson, que se concretizou em 1999. "A saída mais fácil teria sido procurar um clone em alguma banda tributo, mas optaram por um passo corajoso, buscando algo diferente. Eles fizeram dois grandes álbuns. Porém, fosse quem fosse o cantor, o final teria sido o mesmo", afirmou.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.